Ipatinga: Polícia Civil investiga morte de rapaz no bairro Iguaçu

Oscalino Eduardo Floresta Santos tinha 26 anos

Na noite dessa segunda-feira (12) moradores de um prédio, localizado na rua Morubixaba no bairro Iguaçu em Ipatinga-MG, chamaram a Polícia depois de escutarem um tiro e gritos de socorro. Oscalino Eduardo Floresta Santos, de 26 anos, morreu com um tiro no peito. As circunstâncias da morte ainda são investigadas pela Polícia Civil. De acordo com relatos da esposa, Valdete Cizoski de Souza, de 48 anos, que é policial civil, o rapaz teria pego a arma da mulher e cometido suicídio.

De acordo com a Polícia Militar, vizinhos relataram ter escutado uma discussão entre o casal, que continuou conforme eles saiam de casa e iam em direção à garagem do prédio, de onde o disparo foi ouvido.

Casal teria brigado momentos antes da morte do rapaz

Ainda segundo a PM, a esposa de Oscalino estava visivelmente desesperada, alegando que o marido havia cometido suicídio. O Samu esteve no local e confirmou que Oscalino já estava sem vida.

Corpo do rapaz estava na garagem e a arma atrás de uma pilastra

Segundo a perícia da Polícia Civil, ainda não é possível afirmar as circunstâncias que levaram a morte do rapaz. A arma de fogo da esposa foi encontrada caída próximo a uma pilastra da garagem e será submetida a análise, assim como o celular de Osalino. Valdete foi encaminhada à delegacia para prestar esclarecimentos.

Plox (e imagens|)