“O mundo está 98% pronto para o Messias”, ensina rabino

Resultado de imagem para rabbi

O rabino Mendel Kessin, que vive nos Estados Unidos, mas frequentemente prega em Israel, tem dedicado muitos anos ao estudo das últimas coisas (escatologia). Seguidamente ele fala sobre os sinais da vinda do Messias, pois segue uma linha do judaísmo que não acredita que Jesus preencheu os requisitos.

Em uma pregação recente, diante de uma sinagoga lotada em Jerusalém, afirmou que o Messias já nasceu, e “o mundo está ‘98% pronto’” para recebê-lo.

O conferencista internacional defende que existe um processo de “retificação” em andamento, que seria necessária como preparação da chegada do Messias. Kessin explica que nesse “Plano Divino”,  desde que Adão pecou Deus pretende corrigir o mundo, algo que só que terá seu ápice na chegada do rei eterno.

“No plano original da Criação, Deus queria que a humanidade fizesse o trabalho de retificação. Não os judeus, mas a humanidade “, explicou. O trabalho de tikkun – literalmente, arrumação – , primeiramente foi atribuído a Adão no Jardim do Éden, consistia em juntar o físico com o espiritual.

No entanto, após 2000 anos sem sucesso, Deus decidiu entregar essa tarefa especificamente para os judeus. Para isso, deu a esse povo três estratégias: mitzvot [os 613 mandamentos bíblicos], teshuva [arrependimento] e yesurin [sofrimento].

Essas três coisas estão ligadas. Como os seres humanos não conseguem seguir a lei totalmente, receberam a oportunidade de se arrepender. Mas, como também não fazem isso, vivem o sofrimento.

O rabino calcula em 98% o índice de proximidade do Messias nos dias de hoje por que “toda a história humana tem visado a preparação do mundo para receber a bondade de Deus”. Ele elevará as pessoas a um nível maior de compreensão desse amor.

Embora, segundo o rabino, já esteja na Terra, esse Messias não revelou-se ainda por que as pessoas não estão preparadas para seus ensinamentos. Contudo, logo que ele iniciar a “era messiânica” haverá o aprofundamento da consciência coletiva sobre o mundo espiritual.

“Deus criou o universo para demonstrar uma quantidade infinita de bondade ao ser humano. O que Deus quer é que você esteja sempre apegado a Ele”, explica. O papel do Messias, portanto, não será político, mas espiritual.

Recentemente, o rabino vem divulgando alertas que a batalha de Gogue e Magogue, profetizada por Ezequiel, se aproxima. Para ele, esse conflito terá início com a tentativa do Irã em destruir Israel. “Juram que vão matar os judeus com armas nucleares. Essa é a guerra final de Gogue e Magogue”.

Embora ele insista que essa investida não terá sucesso, esse também é um sinal definitivo que falta muito pouco para o início dessa nova era messiânica. Com informações Breaking Israel News. 

Deixe seu comentário