Homem pode ser primeira vítima de “doença da urina preta”

naom_55a23649b1ae1

A doença misteriosa que provoca forte dor muscular intensa e deixa urina preta pode ter feito a primeira vítima na Bahia. A Secretaria de Saúde do Estado (Sesab) informou, nesta terça-feira (10), que um homem, que teve a identidade preservada, faleceu no município de Vera Cruz, no último dia 31, com sintomas da doença. A Vigilância Epidemiológica do Estado investiga a causa da morte.

O número de pessoas que podem ter contraído a enfermidade na Bahia já chega a 52, segundo levantamento feito entre 14 de dezembro de 5 de janeiro deste ano. Conforme lembra o G1, até 30 de dezembro, era 30 o número de possíveis doentes. Os novos casos foram todos registrados em Salvador. Além da capital, há suspeita de um caso da doença em Lauro de Freitas.

Especialistas desconfiam que o consumo de um peixe do litoral baiano esteja relacionado ao surto. Inicialmente, a expectativa era de que o vírus fosse transmitido por via oral, tendo em vista a ocorrência de casos entre pessoas de uma mesma família.

“Ainda não há certeza sobre as causas da doença, estamos trabalhando com as duas hipóteses, mas a orientação é de que, ao perceber os sintomas, os pacientes se hidratem bastante, e evitem a automedicação”, orientou o professor e pesquisador da Universidade Federal da Bahia (UFBA), Gúbio Soares . “A indicação é procurar imediatamente um médico para que os sintomas não evoluam”.

Naom