Em Monlevade: Prefeita corta celular corporativo e redes sociais de servidores

ACOM PMJM

A prefeita de João Monlevade, Simone Moreira (PSDB), anunciou nesta quarta-feira, 4 de janeira, medidas de contenção de despesas na administração municipal. Entre as determinações está o bloqueio de todos os celulares do plano corporativo e o impedimento do acesso às redes sociais através da internet mantida pela Prefeitura.

Segundo o Executivo, os aparelhos corporativos serão exclusivos para secretários municipais e alguns responsáveis por serviços essenciais. A intenção é promover redução nas contas dos planos. Com relação ao bloqueio das redes sociais, a medida tem objetivo de tornar mais produtiva a permanência dos servidores no horário de trabalho.

Ainda de acordo com a Prefeitura de João Monlevade, também serão tomadas medidas enérgicas para economizar água e energia elétrica. Simone Carvalho designará responsáveis para acompanhar, orientar e monitorar ações em cada setor para que as metas de economia sejam alcançadas.

Exonerações

Neste início de governo, a prefeita Simone Moreira decidiu exonerar todos os funcionários comissionados que atuaram na administração anterior. Parte dos servidores já foi chamada novamente. Segundo a Assessoria de Comunicação de João Monlevade, essa medida permitirá à equipe econômica definir quais os cargos serão extintos e quais serão mantidos.

Selos

Quanto ao setor de Saúde, já a partir desta semana, pacientes não precisam mais ir para as filas em busca dos “selos” para a realização de exames. Antes, as pessoas consultavam e, em um determinado dia do mês, iam de madrugada para a aquisição dos tais “selos”.

“Agora, o paciente já sai da consulta com o carimbo de autorização determinando a data e o laboratório credenciado em que os exames devem ser realizados”, afirmou a prefeita.

De Fato