Em Jaguaraçu: Suspeitos de assaltarem ônibus são detidos pele Polícia

A imagem pode conter: 1 pessoa

Reprodução

A Polícia Rodoviária Federal prendeu nessa sexta-feira (23 de dezembro), dois homens suspeitos de assaltarem um ônibus da Viação Lopes na BR-381 em Jaguaraçu. A PRF acredita que eles fazem parte de uma quadrilha que está atuando na região, cometendo assaltos a ônibus de viagem na saída do Vale do Aço para Belo Horizonte. Segundo a PRF, Lourival de Castro da Silva, conhecido como “Nem Zilica”, de 45 anos, e Kenedy Júnio Inácio Fernandes Alves, de 18 anos, que foi reconhecido pelos passageiros, foram detidos e os materiais roubados das vítimas estavam em posse deles em um VW Fox Preto.

A imagem pode conter: 1 pessoa

Reprodução

De acordo com o relato das vítimas, o crime ocorreu por volta das 15h. O coletivo descia de Antônio Dias com destino à Coronel Fabriciano. No trecho de Jaguaraçu, três indivíduos estavam em um ponto e deram sinal. Logo que entraram, anunciaram o assalto. Vários pertences das vítimas foram levados. Depois do crime, eles desceram do ônibus e fugiram. O motorista seguiu viagem até o posto da PRF em Jaguaraçu e contou o ocorrido. Os policiais então iniciaram as buscas na região. Eles avistaram o VW Fox parado em uma borracharia. Os suspeitos foram abordados e dentro do veículo, os policiais encontraram uma mochila e também itens roubados no ônibus. Os dois foram presos e encaminhados para a delegacia de Ipatinga.

Na mochila encontrada em poder dos suspeitos, a PRF encontrou uniformes da Viação Presidente, empresa que faz a linha que liga o Vale do Aço a Belo Horizonte e que ultimamente tem sido alvo dos bandidos. Na quarta-feira (21) um ônibus da empresa foi assaltado no trecho da BR-381 em Bela Vista de Minas. O motorista contou a PRF que seguia sentido Ipatinga. No km 344, dois homens estavam no ponto de ônibus e deram sinal. Um dos homens pediu que as luzes internas do veículo fossem ligadas e anunciou o assalto. Os dois homens estavam armados e começaram a levar os pertences das vítimas, como celulares, dinheiro e joias. Os dois obrigaram o motorista a seguir viagem até o km 322, na altura de Nova Era. Após roubar pertences do motorista, os dois fugiram.

Informações: Plox

Deixe seu comentário