Em Timóteo: Moradora diz que crianças que usam a quadra de uma escola no Limoeiro estão sendo impedidas de beber água no bebedor do estabelecimento

MENINO

Uma moradora do bairro Limoeiro procurou o Blog do Silas para reclamar sobre o uso da quadra da Escola Municipal Limoeiro, por parte da comunidade.
Ela disse que existe restrições para o uso do espaço e que isto diminui, ainda mais, as opções de lazer das crianças. A moradora destacou que aquelas que conseguem usar a quadra agora estão enfrentando a proibição de beberem água no bebedor do estabelecimento e estão tendo que ir matar sede em locais próximos.
Procurado pelo Blog do Silas, o vigilante que está sendo acusado de proibir as crianças de terem acesso ao bebedor disse que “a denúncia não tem fundamento”. Ele explicou: “os meninos querem ir todos de uma só vez beber água e eu não tenho autorização para isso. Eles podem beber água no bebedouro da escola sim, desde que seja um de cada vez. Mas eles querem ir muitos de uma só vez”.
Na manhã deste sábado(23) a moradora enviou ao Blog do Silas uma imagem onde uma criança aparece bebendo água em um estabelecimento comercial, “após ser impedida de usar o bebedouro da escola”.
A moradora enviou a imagem para fundamentar sua reclamação.

 

 

2 comentários to Em Timóteo: Moradora diz que crianças que usam a quadra de uma escola no Limoeiro estão sendo impedidas de beber água no bebedor do estabelecimento

  • Geraldo Maia da Silva  says:

    Transferindo responsabilidade!!!? Acompanhe seu filho até a quadra,peça permissão á escola para usar a quadra. Vigilante não tem o dever de cuidar de filho de ninguém, tem sim o dever de cuidar e zelar pelo patrimônio público.
    Quanto a usar a quadra , ouço depoimentos dando conta que os que utilizam tal espaço, fazem-no sem a permissão do vigilante, pois esta quadra está com seu telhado dependurado e se este telhado cair quem será o responsável, pois a turma simplesmente pula o muro da escola, não respeitam o vigilante e AI dele se ousar conversar ou chamar a atenção!!!O

  • Geraldo Maia da Silva  says:

    É fácil reclamar da atitude do vigilante, difícil é compreender que nas escolas de Timóteo, não há expediente público pós horário escolar. A quadra é publica sim, mas seu funcionamento está reservado ao horário onde haja atendimento escolar.
    Esta não é uma quadra comunitária.Se acontecer um acidente , você paizinho ou mãezinha, estava próximo de seu filhinho para socorrê-lo? Ou você acha que vigilante tem o dever de cuidar de seu filho enquanto está nas dependências desta quadra? Vocês sabiam que está quadra foi interditada e seu telhado pode cair a qualquer momento e quem assumirá a responsabilidade você ou o vigilante ? Tenho certeza que o vigilante não tem autorização para liberar quadra, esta liberação acontece por organização do estabelecimento escolar.
    Aqueles que adentram a esta quadra na maioria das vezes, pulam o muro, isto mesmo, pulam o muro e AI

Deixe seu comentário