Timóteo: De novo. Vendedoras de água de coco no Centro Norte voltam a protestar contra a prefeitura

IMG_2173

Bia e o vendedor Jesus

Na manhã deste sábado algumas vendedoras de água de coco  que atuam no Centro Norte ocuparam um espaço da calçada na Alameda 31 de Outubro para protestarem conta a ação da prefeitura que retirou os comerciantes ambulantes do local.

IMG_2176

Em seu discurso, a vendedora “Bia” voltou a acusar os fiscais da prefeitura de perseguição contra a classe e condenou a atitude deles que, segundo ela, por pouco, na tarde desta sexta-feira, não levou a mercadoria de suas amigas.

De acordo com outra vendedora que também usou o microfone, os comerciantes que tiveram seus carrinhos de vender mercadorias apreendidos estão tendo que pagar uma taxa para liberá-los.

IMG_2180

Florise se emocionou ao defender a causa das vendedoras de água de coco

O protesto deste sábado teve a participação, ainda, do senhor Jésus, um conhecido vendedor do centro e da lojista Florise que afirmou estar al lado “das meninas” para ajuda-las a encontrar uma solução para o problema. Florise foi enfática em sua mensagem, que será produzida em uma matéria especial aqui.